A interação biológica entre peixes e macacos

Luciano Candisani é fotógrafo de natureza há 12 anos. Em seu blog foram postadas duas fotografias tiradas no estado de Mato Grosso do Sul.

Elas ilustram a descoberta de uma insuspeita interação biológica entre peixes e macacos, descoberta pelos  zoólogos José Sabino e Ivan Sazima, nos rios do Planalto da Bodoquena, no MS.

As águas cristalinas da região favorecem essa curiosa relação entre os animais. As piraputangas, peixes abundantes nos rios locais, perseguem os bandos de macacos-pregos que se deslocam pela mata ciliar.

Como se alimentam de alguns tipos de frutos e aprenderam que, para cada figo silvestre que os macacos comem três ou quatro vão parar no rio, as piraputangas ficam no aguardo da sua refeição que é facilmente localizada devido a boa visibilidade da água.

E é nesse momento de distração que elas tornam-se alvos fáceis para o peixe dourado.

As duas fotografias foram publicadas na edição número quatro de National Geographic Brasil, em agosto de 2000.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Recanto Ecológico Rio da Prata
Estância mimosa Ecoturismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>