Abeta completa 10 anos e dá dicas para mergulhar em Bonito e região

A ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura) comemora neste ano dez anos de existência.

A entidade, que tem como principais objetivos qualificar e promover seus associados, é responsável pelo programa Aventura Segura, referência mundial no mercado da vida ao ar livre. Atuando desde 2004 pelo segmento, a Abeta conta hoje com mais de 170 empresas com sedes em 22 estados do Brasil.

Entre os nove pontos de mergulho no país, a instituição indica nove pontos turísticos brasileiros. Confira alguns deles que ficam na cidade de Bonito e Jardim, em Mato Grosso do Sul.

Abismo Anhumas (MS) – É uma caverna localizada a 23 km de Bonito (MS). É preciso descer 72 metros de rapel para atingir um lago de águas cristalinas, com 80 metros de profundidade. Quem tem certificação pode fazer mergulho com cilindro.

Rio Formoso (MS) – O mergulhador vê de perto a formação calcária e os peixes da região, principalmente a piraputanga e o curimbatá. A profundidade é de 5,5 metros. Rio Formoso fica a seis quilômetros do centro de Bonito (MS).

Rio da Prata (MS) – Quem não tem certificação pode mergulhar nas águas cristalinas do Rio Prata, acompanhado por um condutor profissional. Lá é possível ver, a uma profundidade de até oito metros, uma variada quantidade de peixes, como cacharas, pacus, curimbatás, pintados, piraputangas e dourados.

Lagoa Misteriosa (MS) – A profundidade desse lago, como o nome já diz, é um mistério: um mergulho exploratório já alcançou 220 metros, sem que o fundo fosse avistado. Mergulhar com cilindros permite ver os paredões rochosos, a vegetação subaquática e cardumes de pequenos peixes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *