Acadêmicos da UFGD estuda insetos do Rio Formoso em Bonito

Através do apoio da “Fundação o Boticário de Proteção da Natureza”, a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) está avaliando o efeito da visitação pública na comunidade de macroinvertebrados aquáticos (insetos) no Rio Formoso, em Bonito (MS). 
 
O estudo começou em julho de 2008 e é realizado por professores da UFGD e da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) e acadêmicos do mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade da UFGD. 

O objetivo é somar esforços a uma série de iniciativas, hoje em desenvolvimento na região, buscando conciliar atividade turística e conservação da biodiversidade, na região.

O grupo dessa pesquisa é formado pelo Dr. Fabio de Oliveira Roque (coordenador), professor da UFGD e credenciado no Programa de Pós-Graduação em Entomologia e Conservação da Biodiversidade; Dr. Paulino Barroso Medina Junior (colaborador) e professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT); e Msc. Suzana Cunha Escarpinati (pesquisadora) e pós-graduanda do Programa de Pós-Graduação em Entomologia e Conservação da Biodiversidade, UFGD.

Por Carla Layane

Com informações Fátima News

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>