Acontece em Bonito (MS) o I Festival Gastronômico

O principal destino ecológico do Brasil, localizado na Serra da Bodoquena, em Bonito, Mato Grosso do Sul, que atrai turistas do mundo todo, promove nos meses de março e abril, o I Festival Gastronômico do município. A cidade das mais lindas belezas naturais também quer ser conhecida por oferecer o melhor da culinária típica sul-mato-grossense.

Também chamada de “santuário ecológico”, Bonito abriga a maior extensão de florestas do Estado e possui o maior aquário natural de água doce do País. O sucesso do turismo na região é resultante da preservação da natureza, que conta com impressionante diversidade de animais e vegetais, além de inúmeras opções de esporte e lazer. Agora, quer conquistar seus visitantes e admiradores pelo prazer de saborear, através de um festival gastronômico de delícias, que acontece entre os dias 17 de março e 17 de abril.

O evento é realizado pela Regional de Bonito da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), com apoio do Sebrae em Mato Grosso Sul e da Prefeitura Municipal de Bonito. A novidade tem como objetivo incrementar a economia do setor de bares e restaurantes, por meio da oferta de novos pratos típicos nos cardápios, além de aquecer o turismo local pela divulgação e promoção da gastronomia regional. “É também uma forma de fazer com que as pessoas acreditem no potencial da gastronomia”, afirma a presidente da Abrasel Bonito (MS), Andréa Fontoura, também proprietária do Taboa Bar.

São oito empresas participantes: Pantanal Carnes Exóticas, Confeitaria e Padaria Colônia, Castellabate Restaurante, Cantinho do Peixe, Taboa Bar, Casa do João, Vício da Gula Café e Aquário Restaurante; contando com 64 funcionários e famílias que sobrevivem desta renda. “O único sanduíche de peixe na cidade é o do nosso estabelecimento, o festival é bom pelo fato das pessoas poderem conhecer algo diferente, o que também auxilia no faturamento da empresa”, conta a proprietária do Vício da Gula, Neila Garcez.

A região de Bonito, que possui 17 mil habitantes e recebe em média 50 mil turistas por ano, é estratégica para promover o turismo no Estado. Com o festival gastronômico, os restaurantes terão movimento mesmo em épocas de baixa temporada. Vanessa Leite, coordenadora de turismo do Sebrae/MS, em Bonito (MS), conta que a expectativa é que três mil clientes sejam atendidos neste período. “A gastronomia, sem dúvida, fortalece o turismo, pois faz parte desta cadeia produtiva, sendo os atrativos e os sabores regionais as principais lembranças do turista sobre o destino visitado”, afirma.

Passaporte gastronômico

Para incentivar o consumo, a organização do Festival criou o passaporte gastronômico. Com ele, a cada cinco pratos consumidos em diferentes restaurantes participantes o cliente ganha brindes, que poderão ser retirados nos próprios empreendimentos.

Sabores

Os sabores típicos da região de Bonito são representados em pratos à base de peixes regionais, da culinária pantaneira, do jacaré, da queixada, capivara, além de caldos, porções e lanches especiais. O Trio Pantaneiro, a comida caseira, a Piraputanga Assada à Lenha, o Caramanchão de Pintado, o Jacaré na Cana, a Traíra sem Espinha, o Tentação Fish e o Pintado a Urucum são algumas das opções que podem ser encontradas no Festival.
 
 
Fonte: SEBRAE Mato Grosso do Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>