Artesanato de Jardim é tema de exposição na Casa do Artesão

Será lançado hoje (23), às 15 h, a exposição “Artesanato de Jardim – Osso e Madeira”, na Casa do Artesão, em Campo Grande (MS). O evento integra o projeto “Exposições Temporárias” da instituição cultural e permanece até o dia 20 de outubro.

A exposição é resultado do Programa Mãos à Obra, idealizado pelo Sebrae – MS em parceria com a Prefeitura Municipal de Jardim, que incentiva a criação de produtos que utilizam como matéria-prima o osso de boi.

Este é um trabalho social feito com pessoas carentes que encontram no artesanato uma forma de geração de renda. 14 artesãos participam da iniciativa e produzem porta-canetas, chaveiros, petisqueiras, bozó, semi-jóias entre outros produtos, que têm um acabamento requintado.

O Programa Mãos à Obra – Artesanato em osso – foi criado através de um decreto de 18 de março de 2003 do prefeito Dr. Márcio Campos Monteiro que junto com a comunidade vislumbrou a necessidade de apostar em um projeto de reaproveitamento matéria-prima desprezada na cidade, incentivado pelo Sebrae.

A iniciativa começou no Centro Comunitário da Vila Panorama onde cerca de 30 pessoas receberam o “Curso de Capacitação de Associativismo”. Os participante aprenderam a trabalhar de início com o osso na confecção de sabão em barra e líquido. Muitas peças foram desenvolvidas pelos artesãos do Mãos à Obra que ganharam espaço na mídia nacional, como no Programa Mais Você (Ana Maria Braga/Rede Globo),Pequenas Empresas, Grandes Negócios (Rede Globo), Canal do Boi (TV Campo Grande/SBT) e Programa Atualidades (Rede Globo/TV Morena).

Um convênio firmado entre a Prefeitura Municipal de Jardim, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, possibilitou que centenas de peças do artesanato em osso fossem distribuídas em todo o país.

O artesanato jardinense conquistou também o PRÊMIO TOP 100, idealizado pelo SEBRAE nacional, tendo concorrido com os 100 melhores artesanatos do Brasil.

A Casa do Artesão , unidade da FCMS, fica aberta à visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 18 horas e aos sábados das 8h às 12h, na Rua Calógeras, 2050, centro. Mais informações na Gerência de Desenvolvimento de Atividades Artesanais da FCMS, nos telefones 3316-9107 ou 3316-9152, ou na Casa do Artesão de Campo Grande no telefone 3383-2633.

Fonte: FCMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>