Assentamento em Bonito tem nova fonte de renda

Os produtores rurais do Assentamento Santa Lúcia inauguraram em Bonito (MS), a unidade da agroindústria de derivados da cana-de-açúcar com utilização de frutos do cerrado na sede da Associação dos Pequenos Produtores, a 35 km do município.

Residem no assentamento cerca de 36 famílias que participam de atividades de produção de geléias, doces, compotas e derivados da cana-de-açúcar. A capacidade mensal de produção é de cinco mil potes de doces e geléias, seis mil barras de rapadura, 40 quilos de açúcar mascavo diariamente e 100 litros de melado.

A agroindústria foi construída com recursos principais do Programa Pequenos Projetos Ecossociais (PPP-ECOS) com recursos do Fundo de Investimento Global (GEF) e tem como parceiro a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), a Prefeitura Municipal de Bonito, Sindicato Rural de Bonito e Projeto GEF Rio Formoso.

De acordo com Luiz Carraza, técnico da PPP-ECOS, ações como estas são importantes, pois apóiam financeiramente os produtores para geração de renda. “São projetos menores, mas que trazem grandes resultados não só financeiramente como de conscientização ecológica dos produtores participantes e uso consciente da natureza”.

Por Carla Layane

Com informações Correio do Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *