Associação alimentar entre peixes e macacos

Peixes que seguem macacos?


A primeira vista, mais parece história de pescador. Mas não é! Esta curiosa relação foi estudada nas água



s cristalinas dos rios de Bonito, Mato Grosso do Sul pelos biólogos José Sabino, da UNIDERP e Ivan Sazima da UNICAMP. Em busca da primeira refeição do dia, bandos de macacos-prego, Cebus apella, saltam entre as árvores que margeiam o rio Formoso e o rio da Prata. Os primatas procuram por pequenos frutos, como ingás, goiabinhas e figos silvestres. Agitados e com grande apetite, os macacos derrubam parte da comida no rio. O barulho dos frutos caindo na água atrai a atenção das piraputangas, Brycon microlepis , peixes numerosos na região. Interessados nos frutos que sobram, os peixes seguem os macacos enquanto estes se deslocam e forrageiam pela mata ciliar. A surpreendente transparência das águas de Bonito favorece esta inusitada relação entre peixes e mamíferos, pois a alta visibilidade facilita a rápida localização dos frutos pelas piraputangas.


Fonte: Projeto Peixes de Bonito




Vide texto completo para baixar no icone no topo da matéria.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>