Associação lança mascote para a Copa do Mundo de 2014

A Associação Caatinga, instituição voltada à preservação da natureza, lançou o tatu-bola (Tolypeutes tricinctus) para ser o mascote durante a Copa do Mundo de 2014: uma espécie 100% brasileira (ou uma espécie que só existe no Brasil).

A escolha deste animal dentre tantas outras espécies silvestres, surgiu devido à habilidade dele curvar-se sobre si mesmo para se proteger, quando ameaçado, ficando no formato de uma bola. O tatu-bola é o menor tatu do Brasil e o mais ameaçado, a sua caça já fez a espécie desaparecer em Sergipe, Ceará e Pernambuco, porém ainda existe na Bahia, Alagoas, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte, nas regiões menos habitadas.

Segundo a ONG, “com a divulgação deste mascote, seria despertado uma maior preocupação e cuidado com esta espécie ameaçada de extinção e com toda a biodiversidade brasileira. Uma espécie só nossa, de comportamento tão peculiar, que poderia abrilhantar a copa, mostrando ao mundo a nossa rica natureza e o nosso compromisso com a biodiversidade e sensibilizar o povo brasileiro para a necessidade de cuidado e proteção da natureza. Um gracioso animal que seria mascote perfeito para a nossa Copa, pois leva no nome a principal protagonista do futebol: a bola”.
 
A Associação está solicitando essa semana uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Estado, para formalizar a Campanha e mobilizar deputados e o secretário da copa no Ceará para a defesa dessa mascote junto a FIFA.
 
Para conferir a animação e ajudar na divulgação dessa campanha acesse:
http://www.acaatinga.org.br/index.php/2012/3881/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>