Audiência pública debate preservação dos rias de águas cristalinas em Bonito

Nesta quinta-feira (14), a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), câmpus Bonito, sediou a audiência pública “Discussão acerca dos instrumentos legais de proteção aos rios de água cristalina”.

O evento, promovido pelo deputado estadual Paulo Corrêa, pretende reunir especialistas, parlamentares e demais autoridades para abordar o assunto que abrange a Serra da Bodoquena.

Os rios de Bonito e Jardim, no interior de Mato Grosso do Sul, são conhecidos internacionalmente por suas águas cristalinas. Turistas de diversas regiões se encantam com a transparência das águas, variedades de peixes e beleza única.

O projeto de lei apresentado pelo deputado prevê a suspensão de atividades nas nascentes que compõem as microbacias dos rios da Prata, Formoso, Peixe e Aquidaban, além das áreas úmidas de brejo, varjão e veredas que existem no local.

Estes rios são as principais atrações turísticas do destino de ecoturismo. Entre as atividades estão trilhas e cachoeiras no Rio do Peixe, balneários e esportes radicais no Rio Formoso, mergulho e flutuação no Rio da Prata.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *