Boia Cross – Aventura garantida pelos rios do Brasil

Os amantes da emoção optam pelos rios de corredeiras e por superar todos os obstáculos e pedras que ali são encontrados. Os mais pacatos e fãs de calmaria ficam nas águas mansas e nas áreas de remanso curtindo a fauna e flora das margens e terminam o passeio com um revigorante banho de rio. Não importa qual o seu objetivo, curtir momentos únicos em águas brasileiras é ainda mais divertido durante a prática do boia-cross.

“Além de estar em contato com a natureza, o que mais gosto no boia-cross é a autonomia que a atividade me dá em controlar os movimentos da boia na corredeira. É muito relaxante curtir o cenário durante a descida”, avalia Daniel Ramirez, encarregado administrativo paulistano.

Oriundo do boia-cross, o aqua ride é outra modalidade bastante requisitada nas corredeiras do país. A diferença básica entre estas atividades é que o aqua ride se utiliza de um bote inflável especialmente concebido para a atividade, onde normalmente deita-se de peito, com o tronco apoiado na embarcação e os membros para fora. As mãos são usadas para remar e desviar de obstáculos; as pernas, para direcionar o caminho.

Alguns dos principais pontos do país para a prática são o Rio Jaguari, em Monte Verde – MG, os rios Cachoeira e Nhudiaquara, localizados respectivamente nas cidades de Antonina e Morretes, no Paraná, o rio São Pedro, em Glicério-RJ, rios Jacaré-Pepira, Jaguari e do Peixe, situados em Brotas, Pedreira e Socorro respectivamente, no rio Novo, no Jalapão, em Tocantins, e no Rio Formoso, em Bonito.

Ambas as modalidades podem ser praticadas por crianças e adultos, pois o que varia é o nível de dificuldade dos percursos. Os únicos pré-requisitos são saber nadar e ter a altura mínima pré-determinada pela empresa que oferece o serviço.

Um rápido treinamento é suficiente para começar a prática; contudo, é sempre bom se certificar de que a empresa que oferece o serviço está formalizada e possui alvará de funcionamento, além de garantir que oferece seguro e aplica as Normas Técnicas da ABNT para a atividade em questão. Também é importante observar se a empresa tem o Sistema de Gestão da Segurança implementado em conformidade com estas Normas. Fique atento às informações e dicas divulgados no portal ABETA – Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura.

Informações Abeta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>