Bonito atrai turistas pelos peixes e águas cristalinas, diz Eduardo Coelho

Em entrevista à rádio CBN, Eduardo Coelho, diretor regional da ABETA (Associação Brasileira de Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura) e proprietário do Recanto Ecológico Rio da Prata e da Estância Mimosa Ecoturismo, falou sobre ecoturismo em Bonito (MS). Segundo ele, Bonito é uma ótima opção por suas belezas naturais, como rios, cachoeiras, grutas, paredões rochosos, entre outras. Além disso, a grande quantidade e variedade de peixes e as águas cristalinas de temperatura agradável atraem todos os tipos de pessoa, desde crianças até idosos.

A transparência das águas da região de Bonito se dá devido à formação geológica com calcário, que forma grutas e lagos onde se pode flutuar, mergulhar e praticar rapel, por exemplo. Bonito é um dos destinos ecoturísticos brasileiros que ajudou o país a ser eleito pela revista National Geographic Adventure como o melhor destino de ecoturismo. De acordo com a revista, a diversidade ecológica e o fácil acesso são os principais fatores de destaque do Brasil.

Mas é claro que toda essa beleza requer muitos cuidados para que perdure. Todos os passeios devem ser feitos acompanhados por guias e têm limite diário de visitações. “O órgão estadual ambiental licencia os passeios e estabelece a capacidade de carga, que tem que ser respeitada, e semestralmente os empreendedores têm que fazer um relatório de impactos ambientais da visitação, que vai mostrar algumas medidas corretivas. Por exemplo, às vezes pode haver um animal fazendo ninho numa trilha, aí pode acontecer de a trilha mudar de lugar”, explicou Eduardo. O controle de visitações, os equipamentos devidamente certificados e o treinamento anual obrigatório de primeiros socorros que os guias tem que fazer garantem a segurança dos passeios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>