Cavernas de Bonito e Jardim são visitadas por acadêmicos de turismo

Para complementar as aulas teóricas, os alunos do 4ªº ano de Turismo da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade de Jardim, participaram nos dias 12 e 13 de setembro, de uma atividade prática e multidisciplinar em cavernas de Jardim e Bonito.

Sob orientação dos professores Simone Mamede, Sônia Bennett, Julio Soares e André Miranda a prática do espeleoturismo foi associada aos conhecimentos das ciências como espeleologia, geologia, biologia, arqueologia, entre outras, que dão bases para o entendimento da complexidade destes frágeis ambientes.

“Foi a aula prática de campo mais encantadora que já participei. Tanto o Buraco das Araras como a Gruta do Lago Azul e São Miguel, possuem belezas únicas, que estimulam nossa imaginação e acrescentam muito ao conhecimento adquirido em sala de aula”, conta a acadêmica Adriane Carneiro, sobre a experiência.

É interessante ressaltar que não só as disciplinas foram trabalhadas de forma integrada, mas também as localidades, uma vez que o grupo cumpriu um roteiro congregando ações em dois municípios que tem em comum um rico potencial para o turismo junto à natureza. A prática foi realizada no Buraco das Araras (Jardim-MS), Grutas de São Miguel (Bonito-MS) e Gruta do Lago Azul (Bonito – MS).

A professora Simone Mamede, uma das coordenadoras da aula de campo, contou que entre as atividades associadas e desenvolvidas estavam as dinâmicas de lazer e recreação junto à natureza com enfoque em educação ambiental, as quais foram realizadas na Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN Buraco das Araras – Jardim – MS e Visita Técnica ao Eco-Resort Zagaia.

Com relação ao marketing institucional, Julio Soares, professor de Marketing em Turismo do curso de Jardim, ressaltou que a cidade de Bonito é considerada atualmente um dos destinos turísticos mais importantes do país. Nota-se a preocupação do município em divulgar os atrativos turísticos regionais não só do município, como também do entorno, por exemplo, o atrativo Buraco das araras, situado em Jardim.

“De qualquer forma, sem exceção, todos os passeios realizados pelo grupo primaram pela organização e alta qualidade de atendimento dos guias de turismo. A experiência vivenciada pelos acadêmicos é única e de grande relevância para suas atuações futuras que venham garantir um posicionamento empreendedor conciliando desenvolvimento, lazer, turismo e a conservação da natureza” conclui a professora Simone Mamede. 

Fonte: Agora MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>