Consultor da ABETA registra recorde de público em oficina em MS

Uma ação da Comissão ABETA MS, integrante da Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura, realizou oficinas para capacitar o trade turístico no Mato Grosso do Sul, sendo duas realizadas em Bonito e uma em Campo Grande. Todas ministradas pelo Coordenador de Qualificação e Desenvolvimento da Comissão ABETA São Paulo, Luiz Del Vigna.

De acordo com Carolina Coelho, vice-coordenadora da Comissão ABETA MS, a ideia do evento surgiu há três anos. “Quando começamos a trabalhar o planejamento estratégico da comissão no Estado percebemos a necessidade de conscientização das agências de turismo de Campo Grande sobre o mercado de ecoturismo e turismo de aventura, e em Bonito e no Pantanal reforçar a questão da excelência de qualidade no atendimento das empresas”. 

Em Bonito, a oficina foi realizada no Hotel Águas de Bonito, nos dias 29 e 30 de novembro. Foi abordado o tema “Hospitalidade e conhecimento para entender e encantar o cliente”, direcionada aos atendentes de agências, pousadas, guias, motoristas, atrativos, entre outros.  “Procuramos trabalhar com todo mundo relacionado ao atendimento, pois esse era o foco da oficina, a interface entre o sistema turístico e o turista”, diz o palestrante Luiz Del Vigna.

Os participantes dessa oficina, separados em duas turmas (período vespertino e noturno), receberam importantes informações como: os desafios de entender e atender bem o consumidor; o perfil do consumidor brasileiro de ecoturismo e turismo de aventura; Normas Técnicas Brasileiras de Ecoturismo e Turismo de Aventura; hospitalidade como produto; aprimorando os serviço e novos mercados e desafios para Bonito.

Já empresários e gerentes de atrativos turísticos, de agências, hotéis, empresas de transportes e demais pessoas envolvidas participaram da palestra de sensibilização, no dia 1º de dezembro, “Os desafios do ecoturismo em Qualidade, Hospitalidade e Inovação”, um bate-papo com Luiz, que também se autodenomina como um viajante profissional, na qual repassou observações e impressões ao longo de sua jornada para os participantes. 

“Por ser um usuário do sistema de Bonito, empresário e comercializo o destino, além de ter uma relação de amizade com alguns profissionais, isso me permite ter uma visão ampla de como está o turismo na região. E o que me preocupa é que Bonito há 10 anos conquista o título de Melhor Destino de Ecoturismo. Em meu Estado há um ditado que diz- Fez fama deita na cama – sei que decolar um destino é muito difícil, porém mais difícil que decolá-lo é mantê-lo no alto”, diz.

Para Luizão, como também é conhecido, Bonito tem um desafio muito grande que é evitar a acomodação e ressalta ainda que o ecoturismo na região é “realmente extraordinário, mas deve sempre melhorar a qualidade do atendimento aos seus visitantes”. 

Em Campo Grande, o evento foi realizado na sede do SEBRAE e Luiz abordou o tema “Ecoturismo e turismo de aventura como oportunidade de negócios. Conhecendo melhor para vender mais”, no qual foram abordados os assuntos: evolução dos segmentos no Brasil; perfil do consumidor das viagens de aventura e natureza; variedade de atividades e a iniciativa do Portal Viagem na Natureza. 

Para Kassilene Cardadeiro, empresária do ramo e associada à ABETA MS e ABAV MS (Associação Brasileira de Agências de Viagens de Mato Grosso do Sul), ter a oportunidade de participar de um evento focado em um dos principais produtos de turismo do Estado é de extrema importância. “Capacitações como essa são válidas para os agentes adquirirem mais conhecimentos, pois eles estão na linha de frente das empresas, tendo o contato direto com o cliente. Sendo assim, com as novas informações obtidas é possível fazer um atendimento com muito mais segurança”, diz.

Números
O evento realizado em MS atraiu um grande público interessado em obter qualificação profissional que surpreendeu até mesmo o palestrante. “Foi um sucesso. Foi a maior capacitação que já realizei entre os diversos eventos que já fiz no Brasil. Mato Grosso do Sul está de parabéns por conseguir reunir 128 profissionais de turismo em uma sala de aula. Na verdade esse número é meu recorde pessoal”.

Ao todo participaram 155 pessoas, sendo 128 profissionais de turismo e 27 proprietários de empresas do segmento.

Comissão ABETA MS

As oficinas foram realizadas através do empenho dos Coordenadores da Comissão ABETA MS: Carina Freitas, Carolina Coelho e Ricardo Constantino.  O evento contou também com o apoio da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, SEBRAE MS, ATRATUR, ABAV MS e Secretaria Municipal de Turismo de Bonito.

Para a coordenadora da Comissão, Carina Freitas, unir forças é fundamental para realizar bons eventos. “Gostaria de agradecer a todos os parceiros, entre eles os associados ABETA MS, que apoiaram a iniciativa para que essas oficinas de capacitação profissional se concretizassem”, conclui.

Atualmente 15 empresas são associadas à ABETA no Mato Grosso do Sul. São elas: Abismo Anhumas, Agência Ar, Boca da Onça Ecoturismo, Bonito Way, Canaã Viagens e Turismo, Estância Mimosa Ecoturismo, Fazenda San Francisco, Hotel Cabanas, Hotel Fazenda Baía das Pedras, H2O Ecoturismo, Impacto Operadora, Pousada Aguapé, Recanto Ecológico Rio da Prata, Ygarapé Tour e Zagaia Eco Resort.

Fonte: Bonito Brazil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>