CRAS busca doações para monitorar animais

Para garantir que os animais soltos na natureza encontraram um bom local para habitar e tenham conseguido sobreviver às adversidades, o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres – CRAS, de Campo Grande (MS), busca auxílio nas doações para conseguir monitorar esses animais através do rádio-colar.

De acordo com a zootecnista do CRAS, Ana Paula Felício, “cada rádio-colar custa em média US$ 3 mil (cerca de R$ 5,4 mil) fora a taxa de importação. Para a compra desse material, precisamos de mais doações”, afirma. Existem modelos em que é possível programar o colar para soltar automaticamente. O animal livra-se do objeto que não tem mais serventia de estudo e o aparelho é recolhido para ser utilizado em outro animal. “Os rádios-colares seriam prioridade para as antas e tamanduás, que precisam de um monitoramento que dura entre um e dois anos”, afirma a bióloga do Cras, Nara Pontes.

O centro conta hoje com o apoio de duas empresas privadas. Uma fornece tratamento homeopático animal e a outra, doação em dinheiro para as despesas gerais.

Os interessados em fazer doações podem entrar em contato pelo telefone 3326-6003. O Cras recebe visitantes às terças, quintas e sábados, às 8 e 14 horas. É preciso agendar pelo telefone 3326-1770.

Com informações MS Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>