Economia da Experiência quer renovar atrações de Bonito

Criar sensações e emoções que fiquem para sempre na memória dos visitantes. Este é o objetivo do projeto Economia da Experiência que o Sebrae/MS e o Ministério do Turismo lançam nesta terça-feira (10/02), às 19 horas, no Centro de Convenções de Bonito. “Queremos valorizar a cultura e a história local e, assim, aumentar e diversificar o turismo”, afirma a coordenadora estadual de turismo do Sebrae/MS, Márcia Rocha.

Bonito é um dos cinco destinos escolhidos para participar do projeto. “Para indicar a cidade sul-mato-grossesnse, o Ministério do Turismo se baseou em critérios como destinos turísticos consolidados, com pequena extensão territorial e produção associada identificada e forte”, explica Márcia Rocha. Os outros municípios envolvidos são Petrópolis (RJ), Porto Seguro (BA), Belém (PA) e Região da uva/vinhos no Rio Grande do Sul.

Na região sul do país, a metodologia da economia da experiência já foi aplicada como projeto piloto. “Um restaurante rural aproveitou uma prática comum das `nonas` italianas de fazer pequenos pães em formato de passarinho para oferecer esta experiência ao cliente que pode comer, fazer ou levar para casa”, conta a coordenadora.

“Bonito e região têm um potencial histórico e cultural forte que podem ser aproveitados para atrair novos perfis de turista e buscar alternativas para a sazonalidade”, argumenta Márcia Rocha. Para isso, a adesão de empresários locais e empreendedores é fundamental. Segundo ela, serão 20 empreendimentos escolhidos para passar por todas as etapas da metodologia.

Conforme as linhas gerais do projeto, economia da experiência não significa apenas agregar valor a produtos ou serviços. Esse é apenas um passo para se chegar a essência do conceito, que é realizar sonhos, desejos e transformar cada empreendimento em um palco, onde o ator principal é o turista.

São parceiros no projeto a Prefeitura Municipal de Bonito, Secretaria de Turismo, Comércio e Indústria de Bonito e o Centro de Convenções de Bonito.

Fonte: Sebrae

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>