Estrada Parque Pantanal – Reunião irá discutir criação de APA

Após reunião com empresários e comunidade do Passo do Lontra, no mês de abril deste ano, a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur) segue com os trabalhos que permitirão a criação da Área de Proteção Ambiental (APA) da Estrada Parque Pantanal.

“Discutimos alguns assuntos relevantes com o governador André Puccinelli e o diretor do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Roberto Gonçalves. O próximo passo é a criação de um conselho gestor e só então o governador deve assinar o decreto para a criação da APA”, explica a diretora-presidente da Fundtur, Nilde Brun.

Segundo Brun, este conselho deve ser formado nas próximas semanas e irá definir soluções para problemas de infraestrutura e ambientais com a comunidade e empresários do setor turístico local, bem como a proteção ambiental da área.

Para o gerente de unidades de conservação do Imasul, Leandro Tostes Palma, a criação da APA garante proteção por lei e uma maior possibilidade de atrair investimentos. “Uma vez com o status de unidade de conservação, teremos mais facilidade para buscar recursos. Isso é bom para a infraestrutura turística, bom para os proprietários que querem investir em turismo sustentável e à comunidade local, que terá mais qualidade de vida com a revitalização das moradias”, completa.

O plano de manejo da área prevê também maneiras de reduzir a velocidade dos veículos que trafegam pela estrada, devido à grande quantidade de animais na região. Há ainda a preocupação de manter a questão estética da estrada, que possui 300 metros de cada lado.

Nova sinalização e recuperação da pavimentação e pontes já foram realizadas na Estrada-Parque. Está prevista agora a construção de um centro receptivo próximo ao Buraco das Piranhas, no início da estrada.

Atrativo turístico

A Estrada Parque é uma área de especial interesse turístico, e conta com fauna e flora abundantes. Com 120 quilômetros de extensão, compreende a estrada MS-184, que inicia no trecho do entroncamento com a BR-262, passando pelo Passo da Lontra, até a curva do Leque; a MS-228 do trecho que vai da fazenda Alegria até a Base do Morro Grande, (incluindo a faixa marginal de 300 metros de cada lado da estrada) e a MS-228, próxima à cidade de Corumbá-MS, incluindo a respectiva faixa de domínio da estrada.

O que é APA

É uma categoria de Unidade de Conservação voltada para a proteção de riquezas naturais que estejam inseridas dentro de um contexto de ocupação humana. O principal objetivo é a conservação de sítios de beleza cênica e a utilização racional dos recursos naturais, colocando em segundo plano a manutenção da diversidade biológica e a preservação dos ecossistemas em seu estado original.

A característica marcante das APAs é a possibilidade de manutenção da propriedade privada e do estilo de vida tradicional da região, onde programas de proteção à vida silvestre podem ser implantados sem haver necessidade de desapropriação de terras.

Com informações Fundação de Turismo MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>