Expedição têm resultado satisfatório em atrativo de Jardim

Na última semana cientistas de quatro universidades brasileiras (Universidade Anhanguera-Uniderp, Universidade Federal de Santa Catarina, UNICAMP e UNESP) realizaram uma expedição na Serra da Bodoquequena (MS) para explorar temas como ecologia e comportamento da rica fauna de peixes da região, acompanhados pelo biólogo José Sabino, coordenador do Projeto Peixes de Bonito e um dos organizadores da expedição.

Um dos passeios visitados foi o Recanto Ecológico Rio da Prata, localizado no município de Jardim, na qual os pesquisadores tiveram o acompanhamento do biólogo do atrativo, Samuel Duleba, além de outros integrantes da equipe do passeio, que se empenharam totalmente no desenvolvimento das atividades. De acordo com José Sabino todos os objetivos da expedição foram alcançados. “Saímos do rio Olho D´Água com dados coletados para preparação de 12 novos trabalhos científicos sobre ecologia e comportamento de peixes”, afirma.

Sabino ressalta também a satisfação do Professor Ivan Sazima, uma das mais respeitadas referências mundiais da área. “Ivan voltou da viagem encantado tanto com os ambientes conservados como pelo trabalho realizado na RPPN Cabeceira do Prata”.

O conhecimento científico da ictiofauna é usado para a conservação biodiversidade dos ecossistemas aquáticos, com aplicações práticas para o ecoturismo e para gestão dos ecossistemas aquáticos. A equipe de biólogos realizou as pesquisas nos rios da Prata e Olho D´Água (Fazenda Cabeceira do Prata) e rio Sucuri (Fazenda São Geraldo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>