Fotografia do Comportamento Animal: dos Pioneiros à Era Digital

Resumo:

Fotografia é uma técnica de trabalho de extraordinário valor no estudo do comportamento animal, ao permitir o registro do ambiente, do animal e, sobretudo, de seus comportamentos. Desde o início dos estudos da etologia, pioneiros da ciência do comportamento animal usavam com habilidade a ferramenta fotográfica, tanto em pesquisa como em educação pública. A documentação fotográfica auxilia na interpretação dos dados comportamentais e é útil para ilustrar apresentações ou publicações científicas. Avanços nas tecnologias das câmeras e lentes, como a inclusão de microprocessadores, autofoco, exposição automática, motor de avanço, sincronismo de flash em alta velocidade, flash TTL e, mais recentemente, registro de imagem digital, abriram possibilidades aos fotógrafos para registrar numerosos aspectos da natureza. Neste artigo, são examinados temas como a escolha dos equipamentos, tendo sempre como pano de fundo o registro de imagens de animais, com dicas práticas sobre câmeras, lentes, tripés e ferramentas da Internet para acesso ao mercado em contínua evolução. Contudo, por mais que as inovações tecnológicas tenham contribuído para facilitar o trabalho do fotógrafo-documentarista, é necessário que este mantenha seu interesse direcionado ao conhecimento do comportamento animal e respeito à natureza. Humanos têm marcada ligação com o mundo natural, em especial com a fauna; e a fotografia, mais que uma ferramenta, atua como meio de captura e exibição do mundo natural, revelando aspectos do comportamento animal que pode ser utilizada como forma de educação, sensibilização e engajamento da sociedade nessa relação com a natureza. Nesse cenário, aspectos éticos e filosóficos da busca, registro e divulgação das imagens de vida selvagem concluem este artigo.

Palavras-chave: Equipamento fotográfico, métodos de estudo em etologia, fotografia científica, fotografia aplicada à zoologia, comunicação em biodiversidade, divulgação científica.

Fonte: José Sabino

Artigo completo para download, clicar no ícone no topo da matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>