Hábito de pantaneiros ajuda a preservar animais silvestres

O costume pantaneiro de caçar o porco monteiro, um animal domesticado e que foi introduzido no Pantanal, está ajudando a preservar outras espécies de animais silvestres. Essa é a conclusão de um artigo publicado recentemente na conceituada revista Oryx por pesquisadores da Embrapa Pantanal e de instituições internacionais (Wildlife Conservation Society-Brasil, Universidade de Kent – UK e Royal Zoological Society of Scotland). O hábito é protegido por lei, por ter fins de subsistência para a população local.

Dois potenciais problemas para a biologia acabaram virando solução para a conservação de espécies nativas do Pantanal: a atividade da caça e a presença de uma espécie invasora. Normalmente, essas seriam ameaças ao ecossistema, mas no Pantanal elas estão ajudando a conservar a fauna local.

A publicação leva o título “Espécie invasora e caça tradicional contribuindo para a conservação da vida silvestre: o caso de suínos selvagens no Pantanal”. É assinada pelos pesquisadores Arnaud Desbiez, associado ao Royal Zoological Society of Scotland, também professor da Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade do Instituto de Pesquisas Ecológicas (Escas/IPÊ); Alexine Keuroghlian, pesquisadora da WCS-Brasil, pelo pesquisador Ubiratan Piovezan, da Embrapa Pantanal, e pelo professor Richard Bodmer, da Universidade de Kent, na Inglaterra. A equipe entrevistou e analisou a atuação de aproximadamente 100 caçadores de 71 propriedades, entre 2002 e 2005. Eles solicitaram aos caçadores para descrever suas práticas de caça, utilizando formulários ilustrados.

   
Mais informações Embrapa Pantanal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>