Haroldo Castro recebe prêmio internacional de jornalismo ambiental

Um dos contemplados com o prêmio Internacional Green Pen, é o brasileiro Haroldo Castro, jornalista  ambiental, com mais de 30 anos de experiência profissional.

O prêmio, criado em 1998, é apresentado todos os anos no congresso anual para os jornalistas que fizeram uma contribuição significativa na promoção do jornalismo ambiental.

“As pessoas vão deixar de apoiar a conservação se primeiro compreender porque queremos proteger uma área particular ou espécies. É por isso que a comunicação ambiental por jornalistas, cineastas e educadores é tremendamente importante. Aprecio este prêmio, que reconhece mais de três décadas de meu trabalho em todo o mundo”, disse Haroldo Castro.

Nomeados pode ser em tempo integral ou jornalistas freelance baseado em qualquer lugar do mundo, e trabalhar em qualquer forma de cópia, transmissão ou meios de comunicação online. Eles podem ser empregadas por organizações de mídia, as Nações Unidas, agências governamentais ou organizações não-governamentais (ONGs).

O prêmio é organizado pelo Fórum Ásia-Pacífico de Jornalistas Ambientais (APFEJ), em parceria com a Associação de Jornalistas Ambientais da Commonwealth (CEJA), Sri Lanka Jornalistas Ambientais Forum (SLEJF) e uma série de outros meios de comunicação e organizações.

Além do brasileiro, outros quatro profissionais de diferentes partes do mundo receberam o prêmio: o professor Sharon M. Friedman, dos USA, Carmen Miranda, da Índia,  Nanette Woonton, das Ilhas Cook e Natallia Sliadneva, de Belarus.

Por Carla Layane

Com informações Terra da Gente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>