Hotéis praticamente lotados para Festival de Inverno

Quem quiser conferir alguma das atrações da 9ª edição do Festival de Inverno de Bonito, que acontece na cidade de mesmo nome localizada a 247 quilômetros de Campo Grande, tem que se apressar para garantir pelo menos a estadia de uma noite. É que os hotéis e pousadas da cidade estão praticamente lotados.

Quem trabalha no ramo já comemora sucesso maior do que a edição do ano anterior. E não é só a rede hoteleira que já está com saldo positivo. Comerciantes e é claro, agências de viagem, donos das atrações turísticas e guias, já estão com lucro garantido.

De acordo com o secretário municipal de turismo, Augusto Barbosa Mariano, ainda há vagas na rede hoteleira. “Restam poucas vagas nos hotéis, pousadas e camping”, afirma o secretário.

Um exemplo é o Hotel Araúna. Segundo o sub-gerente, Júlio Cezar Gaúna Machado, só há apartamentos disponíveis para entrada dia 1º e saída no dia seguinte. Para os dias 30,31 e 2 para 3, não há mais.

Ele explica que o hotel acomoda confortavelmente 80 hóspedes, distribuídos em 25 apartamentos, com ar-condicionado, telefone, televisão e estacionamento privativo.

Segundo Júlio, durante a semana do festival o movimento no hotel costuma aumentar 80%. Neste ano a expectativa é maior, pois a procura aumentou. São turistas que telefonam, mandam e-mail, em busca de informações sobre hospedagem e da cidade em geral.

Por conta da maior quantidade de hóspedes, o hotel teve que contratar trabalhadores temporários, contribuindo assim para o movimento da economia da cidade.

De acordo com Júlio, a procura maior é de turistas regionais. Já na Pousada Arizona, não há mais nenhum apartamento disponível durante os cinco dias do Festival. Além de turistas do Estado, a pousada vai receber também visitantes de Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo. A maioria, casais.

Conforme o secretário de turismo, as 50 mil pessoas que devem visitar Bonito durante os cinco dias do Festival, devem deixar na cidade R$ 5 milhões. Ele explica que os turistas gastam com hospedagem, comida, deslocamento e com os passeios.

A cidade conta com mais de 70 locais de hospedagem – entre hotéis, pousadas e campings – com preços que variam de R$ 10 a R$ 700, a diária.

Quem passar ou estiver na cidade em pelo menos um dos cinco dias de Festival, poderá conferir arte, cultura, música e ainda conhecer um dos mais de 30 atrativos turísticos.

Além de teatro, música regional, artesanato e artes plásticas, o 9º Festival de Bonito terá shows de Almir Sater na abertura; Maria Bethânia (31); Ana Carolina (1º) e Zé Ramalho (2). Os ingressos para os shows nacionais custam R$ 12.

Fonte: Campo Grande News




 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>