IBGE aponta os vilões emissores dos gases-estufa

Todo mundo já ouviu ou sabe ao menos um pouco sobre o que é o efeito estufa. Como na maioria das vezes ele é divulgado como algo ruim, é importante relembrar que o efeito estufa é natural. Diferente do que se pensa, ele não irá acabar com a vida no planeta Terra ou algo semelhante, e sim é somente o efeito adicional de estufa, causado pelo homem, que cria todo o problema.

Este mês, o IBGE divulgou uma informação impactante. No Brasil, os piores vilões que causam o aumento do efeito estufa são as queimadas e o desmatamento irresponsável. Segundoas pesquisas, eles são responsáveis por cerca de 75% das emissões dos gases-estufa verde e amarelos. Com isso, o Brasil, mesmo sendo um país em desenvolvimento, entra na lista dos 10 maiores emissores destes gases.

Os gases do efeito estufa realizam com a radiação da Terra o meesmo que um casaco faz com o nosso corpo: permanecer o calor e formar uma camada de ar morno em torno de sua superfície. A vida no planeta só é possível por conta deles, que mantêm a temperatura agradável para a nossa existência. Mas quando eles são soltos com exagero, a temperatura tende a subir – é o que está acontecendo. Diferente dos demais países, que emitem grande quantidade de gases-estufas por queima de combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás natural), no Brasil, o principal agente é a destruição da vegetação natural, principalmente na Amazônia e no Cerrado.

Porém ainda há uma esperança: os dados do IBGE mostram também um certo declínio em relação aos desmatamentos entre 2002 e 2008. E como ainda é cedo para ver o estrago causado pelas queimadas na época da seca deste ano, teremos que esperar os próximos estudos para saber se ainda há queda nesses dados.

Por Bárbara Borges
Com informações IBGE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>