Lançado em Campo Grande Programa Viagem Feliz

O governo do Estado lançou ontem(24) um programa para promover a melhoria no atendimento ao passageiro do transporte rodoviário intermunicipal de passageiros. O instrumento para atingir esse objetivo será a qualificação dos trabalhadores das empresas e das vans de transporte turístico.

Com a participação do governador André Puccinelli, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan) e a Fundtur assinaram um Termo de Cooperação para executar o programa, chamado “Viagem Feliz – Segurança, Conforto e Cortesia nas viagens”, e firmaram Termos de Adesão com duas empresas e duas cooperativas de vans que fazem o trajeto para Corumbá e Bonito. Esses dois trechos serão os primeiros a participar da capacitação.

O diretor-presidente da Agepan, Roberto Hashioka, e a diretora-presidente da Fundtur, Nilde Brun, assinaram os acordos e adesões, envolvendo também as operadoras Empresa de Transportes Andorinha (linha Campo Grande – Corumbá); Viação Cruzeiro do Sul (linha Campo Grande – Bonito); a Cooperativa de Transporte Alternativo de Passageiros e Cooperativa de Transporte Rodoviário de Passageiros e Encomendas em Vans do Pantanal. De acordo com Hashioka, por meio desse programa a Agepan vai contribuir com outra proposta já em execução, numa parceria da Fundtur e do Ministério do Turismo, o “Parada Legal”.

“Vamos capacitar melhor os colaboradores para o atendimento dos usuários e para a manutenção efetiva, que na verdade já é executada, buscando o aperfeiçoamento”, explicou o presidente da agência reguladora.

A capacitação começa no dia 3 de outubro, para motoristas, cobradores, agentes de venda de passagem, administradores de
terminais rodoviários, o corpo de fiscalização e pessoal de Ouvidoria da Agepan.  As empresas e cooperativas irão designar os colabores para fazerem o treinamento, e a ideia é que eles atuem depois como multiplicadores dos conhecimentos.

Inicialmente, o programa prevê um prazo de acompanhamento de dois anos depois da implantação, mas esse prazo pode ser estendido e a iniciativa também já poderá ir, antes desse período, para outras regiões. Hashioka antecipou que já há interesse de empresas que atuam em outras rotas – como o de turismo de compras em Ponta Porã – em se integrar ao programa.

Informações Fundação de Turismo MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>