Limnologia de lagos calcários tropicais, caso da Lagoa Misteriosa

Os estudos limnológicos em corpos de água calcários nas regiões tropicais são escassos, e na literatura de limnologia brasileira estes ambientes não são contemplados.

Neste trabalho, estudos limnológicos foram realizados durante o ano  de 2008 na dolina Lagoa Misteriosa localizada na cidade de Jardim, MS, um importante centro de ecoturismo brasileiro.

Foi coletado amostras para variáveis físicas, químicas e plâncton. As variáveis biológicas responderam positivamente com o período de precipitação, com menores valores na seca e maiores nas chuvas.

A população fitoplanctônica foi dominada por Aulacoseira granulata em fevereiro e Coelastrum sp em novembro. A população zooplanctônica foi composta por espécies de Rotifera principalmente Keratella tropica e Trichocerca sp e fases jovens de Copepoda Cyclopoida.

Os resultados mostraram que a produção planctônica depende exclusivamente do aporte externo de material que é carreado pelas chuvas e este material fica pouco tempo disponível na coluna de água pelo efeito do carbonato na água.

Fonte: Prof. Drº da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul William Marcos da Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>