Mudas de manduvi serão entregues à população pela Embrapa Pantanal

Mudas de manduvi produzidas durante um experimento pela Embrapa Pantanal serão doadas nesta segunda-feira, dia 7 de dezembro, em Corumbá (MS). A empresa de pesquisa vai disponibilizar 90 mudas, mas cada pessoa só poderá retirar uma. A árvore é conhecida por ser procurada pelas araras-azuis para seus ninhos.

“Será feito um pequeno cadastro do interessado. Ele terá que deixar o nome e a indicação do local onde a muda será plantada”, informou Marcos Tadeu Araújo, supervisor de Campos Experimentais da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O responsável pelo experimento é o bolsista de doutorado Antônio dos Santos Júnior, da UnB (Universidade de Brasília). Ele iniciou o estudo sobre as populações de manduvi em 2006 e deve concluir a tese no ano que vem. O título provisório é “Dinâmica da população de manduvi em diferentes cenários de manejo no Pantanal”.

Antônio queria descobrir se as sementes produzidas por árvores isoladas na pastagem tinham a mesma qualidade que aquelas produzidas por árvores que se mantêm em matas. “Uma das práticas no Pantanal é o desmatamento de cordilheiras para o plantio de pastagens de braquiária, evitando a derrubada das árvores grandes de manduvis, que ficam isoladas”, disse.

Para o estudo, o bolsista coletou sementes em árvores isoladas nas pastagens e de dentro das matas para comparar a germinação. Havia uma suspeita de que as sementes de árvores isoladas teriam qualidade inferior.

“Dados preliminares indicam que isso realmente aconteceu. A germinação dessas sementes foi cerca de 20% menor que as de manduvis das cordilheiras”, afirmou Antônio.

Ao todo, ele coletou 1200 sementes e produziu 500 mudas, que foram utilizadas na pesquisa. Houve uma sobra de 190 mudas, das quais cem serão plantadas na fazenda Nhumirim, da Embrapa Pantanal. Haverá um acompanhamento do desenvolvimento dessas árvores.

As outras 90 mudas poderão ser retiradas pelo público nesta segunda, entre 13h30 e 17h30 ou até acabar o estoque. O acesso à Embrapa Pantanal é pela rua Campo Grande, em função de obras na entrada principal.

Fonte: Embrapa Pantanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>