Novo Código Florestal é avanço para produtores diz Deputado

A Câmara dos Deputados aprovou na última terça-feira (24) o Novo Código Florestal, no qual o novo texto mantém as exigências de Reserva Legal e as faixas de mata que devem ser preservados ao longo de cursos d`água, mas beneficiar os pequenos produtores rurais, uma vez que, propriedades com até quatro módulos fiscais, cuja medida varia entre 20 e 400 hectares, não precisam recuperar a Reserva Legal.

O deputado Estadual de Mato Grosso do Sul, Paulo Corrêa, que já atuou como presidente da Comissão de Meio Ambiente da Assembléia, usou a tribuna para falar sobre a importância da aprovação para os produtores rurais de Mato Grosso do Sul e parabenizar os deputados federais e senadores do Estado que participaram do processo.

“Nós fazemos conservação neste País com a melhor e mais avançada Lei ambiental do Mundo e quem paga a conta sempre é o produtor rural. Então nós temos que ter clara e dar ênfase na possibilidade de produção sustentável”, defendeu Corrêa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *