Onça-pintada é capturada para pesquisa no Pantanal sul-matogrossense

A pesquisa científica é uma aliada essencial na implementação de políticas e na formulação de estratégias para a conservação da espécie onça-pintada no pantanal sul-matogrossensse. 

Esta semana, o projeto Onçafari, em conjunto com a equipe do Refúgio Ecológico Caiman e do CENAP (ICMBIO) realizou mais uma etapa de trabalho em sua pesquisa. Duas onças pintadas foram capturadas para biometria, amostragem biológica e colocação de colar com GPS. Os procedimentos foram realizados pelo veterinário Joares May e o biólogo Helder Brandão, os animais estavam sedados, com monitoramento dos sinais vitais.

A etapa final do trabalho, reintrodução do animal na natureza após a colocação do colar, foi acompanhado por parte da comunidade Caiman teve a oportunidade de presenciar a finalização do trabalho, um momento importante de educação ambiental e conscientização da importância da onça-pintada no ecossistema. 

O refúgio ecológico Caiman está localizado em Miranda, MS, no Pantanal Sul Matogrossense. Oferecendo atividades de ecoturismo acompanhadas por guias naturalistas e bilíngues, como: Safári Fotográfico, Caminhadas em trilhas nas matas, Passeio de canoa canadense, passeio a cavalo, focagem noturna, e atividades especiais como workshop de astronomia, workshop de fotografia, dia de peão e programa aventura.

Premiado nacionalmente e internacionalmente pelo seu Programa de Conservação da Natureza, o Refúgio Ecológico Caiman mantém uma Reserva Particular de Patrimônio Natural em uma área de 5,6 mil hectares. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>