Pantanal Linhas Aéreas é adquirida pela TAM

A Tam informou aos seus acionistas e ao mercado em geral na madrugada de hoje (21/12), que adquiriu a totalidade das ações de emissão da Pantanal Linhas Aéreas no último sábado (19/12) por R$ 13 milhões.

Segundo informe enviado pela Tam, “a eficácia da aquisição das ações de emissão da Pantanal pela Companhia está sujeita ao cumprimento de determinadas condições, incluindo, sem limitação, a obtenção da autorização prévia expedida pela Anac, nos termos do artigo 185, §2º da Lei nº 7.565, de 19 de dezembro de 1986″.

A Pantanal faturou cerca de R$ 70 milhões nos últimos 12 meses, tem 245 funcionários e possui uma frota de três aeronaves ATR-42 em operação. A empresa está em recuperação judicial, que já foi homologada e segue seu curso normal.

A Pantanal, fundada em 1993, possui hoje 0,15% de market share na aviação doméstica. E está autorizada a operar comercialmente serviços regulares de transporte de passageiros e de cargas para as cidades de Araçatuba (SP), Bauru (SP), Presidente Prudente (SP), Marília (SP), Juiz de Fora (MG) e Maringá (PR).

A Tam abre vantagem na liderança das companhias aéreas brasileiras com a aquisição. Em novembro deste ano, a companhia possuia 43,93% do mercado nacional de aviação. Ficava apenas um pouco à frente da Gol/Varig, com 42,25%, segundo dados da Anac.

Segundo a presidente do Conselho de Administração da Tam, Maria Cláudia Amaro, a aquisição da Pantanal tem um grande valor estratégico e reflete a confiança do Grupo Tam no crescimento da economia brasileira nos próximos anos.

“Iremos assistir a um aumento expressivo no número de passageiros nos próximos seis anos, com os eventos da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016. Além disto, o desenvolvimento dos setores de agronegócio, mineração e energia renovável tem ampliado exponencialmente a utilização do transporte aéreo para cidades de densidade populacional média”, destacou Maria Cláudia.

O diretor presidente interino da Tam, Líbano Barroso, considera que a aquisição “representa um importante passo para a transformação da Tam em um grupo de multinegócios alinhados com a aviação”.

A presidente do Conselho de Administração da Tam S.A. traçou metas de crescimento elevado para a Pantanal. “Nossa expectativa é darmos um salto, a cada ano, até 2014. Vamos crescer de forma bastante expressiva”, enfatizou.

As perspectivas de crescimento têm como alicerce uma grande sinergia com as empresas do Grupo Tam. A Pantanal passará a compartilhar serviços, plataforma tecnológica e manutenção e reparos, além de fazer parte do Multiplus Fidelidade. Também se beneficiará do sistema de inteligência de mercado, sem falar na integração com as rotas da Tam Linhas Aéreas. “Vamos ligar Bauru a Frankfurt, só para citar uma dessas possibilidades de ampliação da cobertura geográfica”, destacou Maria Cláudia.

De acordo com a presidente do Conselho de Administração da Tam S.A., além da importância estratégica, a aquisição da Pantanal tem para a família Amaro um significado simbólico. “As duas empresas sempre estiveram fraternalmente ligadas. Um ex-vice-presidente da Tam, Ramiro Tojal, já falecido, que foi um dos colaboradores de primeira hora e principal executivo da Pantanal, era muito amigo de nossa família. Sempre fomos empresas irmãs”, afirmou Maria Cláudia Amaro.

Fonte: Mercado e Eventos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>