Pecuária sustentável no Pantanal será divulgada para brasileiros

Com o objetivo de divulgar no Brasil o conceito da pecuária sustentável praticada no Pantanal, a Embrapa Pantanal e parceiros elaboraram um projeto de comunicação empresarial. Segundo a líder do projeto, a jornalista da ACN da Unidade Ana Maio, a ideia nasceu de uma conversa com a chefia de Pesquisa & Desenvolvimento, que detectou a necessidade de divulgação de um modelo diferenciado de pecuária.

Antes mesmo da submissão do projeto ao Macroprograma 4, a chefia da Unidade incentivou a busca por parcerias, financiando uma viagem a Campo Grande e Cuiabá para a realização dos contatos. Algumas foram concretizadas com a Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), a WCS (Wildlife Conservation Society) e a Associação Brasileira de Pecuária Orgânica (ABPO). Depois outros parceiros se juntaram ao projeto. A proposta foi submetida em setembro de 2009 com aprovação ocorrida em dezembro.

O projeto teve início em abril deste ano e envolve toda a equipe da ACN, que está bastante comprometida com a iniciativa. “É o primeiro projeto do setor, uma experiência nova para todos os profissionais”, disse Ana. “Agora temos recursos próprios para desenvolver ações que vão fazer diferença para a comunicação da Unidade, como o mídia training para pesquisadores, a aproximação com a mídia de grandes centros urbanos e a formação de futuros profissionais da imprensa que vão atuar na cobertura do Pantanal”.

A divulgação na mídia vai durar dois anos e será focada em veículos de comunicação da região Sudeste, onde estão concentrados jornais, rádios, TVs, revistas e sites de reconhecida abrangência nacional. Os contatos com a mídia serão realizados por meio de visitas às redações dos veículos e de visitas dirigidas das equipes dos meios de comunicação à Unidade e a fazenda Nhumirim.

Um dos planos de ação prevê a formação de uma rede de comunicadores das Unidades da Embrapa que desenvolvem pesquisas sobre pecuária de corte e de assessores dos parceiros. Esta rede já está em funcionamento. Outra atividade desenvolvida é a sensibilização do núcleo de produção artística da Rede Globo com a tentativa de transformar o Pantanal e/ou Corumbá em cenário de uma minissérie ou novela para valorizar a região. Essa iniciativa conta com o apoio do Museu de História do Pantanal, de Corumbá (Muphan), e da ACS (Assessoria de Comunicação Social) da Embrapa, fundamentais para as negociações.

Para o diagnóstico das ações do projeto, serão aplicadas duas pesquisas de opinião em âmbito nacional: uma antes dos trabalhos de divulgação e outra ao final do projeto, no início de 2012. A finalidade é comparar a imagem da pecuária praticada no Pantanal antes e depois do trabalho de divulgação. A pesquisa inicial está em fase de contratação.

Com informações Embrapa Pantanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>