Petrobras aprova projeto de MS

O projeto de Mato Grosso do Sul “Direitos da Criança e do Adolescente (Dica) na Estrada” do Serviço Social do Transporte (Sest/Senat) foi escolhido pela Petrobras para patrocínio. O projeto foi um dos cinco selecionados pelo Conselho Estadual da Criança e Adolescente (Cedca) e encaminhados à empresa para concorrer às cotas de financiamento do programa Desenvolvimento e Cidadania.

O Dica na Estrada receberá R$ 200 mil para a realização de ações em 39 municípios do Estado que visam a proteção dos menores de 18 anos. Os recursos serão depositados para o Fundo Estadual da Infância e Adolescentes (Feinad) e repassados pelo Governo do Estado. A Petrobras repassará mais R$ 50 mil ao Cedca para aplicação em atividades na área. O conselho também ficará responsável por acompanhar o plano de aplicação dos recursos, monitorar a execução dos trabalhos e a prestação de contas. 

O convênio para financiamento do projeto foi firmado no dia 14, pelo governador André Puccinelli, a titular da Secretaria de Trabalho e Assistência Social do Estado (Setas) Tania Mara Garib, a Diretora do Sest/Senat Andréia Castanheira, a vice-presidente do Cedca Marlene Espósito e o assessor de comunicação da Petrobras Bruno Brunheroto. Também participaram do encontro o prefeito de Campo Grande Nelson Trad Filho, o diretor da Confederação Nacional dos Transportes João Rezende Filho e o secretário-adjunto da Setas Álvaro Cardoso de Ávila.

O projeto prevê a formação de agentes em 39 municípios do Estado – incluindo Jardim, Bonito, Coxim, Corumbá e Guia Lopes da Laguna – para orientar pais e a população sobre os direitos da criança e do adolescente. Os agentes serão indicados pelas prefeituras ou pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município e receberão capacitação no Sest/Senat em Campo Grande.

Na segunda etapa do projeto as informações, por meio de cartilha e material de divulgação, serão levadas aos trabalhadores em transporte que também receberão orientação sobre saúde, atendimento médico e psicológico. As ações serão desenvolvidas em pontos de parada de motoristas de caminhão e postos de combustíveis. De acordo com a diretora do Sest/Senat Andréia Castanheira a estimativa é de levar informações para mais de 20 mil pessoas.

Informações Notícias MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>