Projeto busca indicadores de qualidade ambiental no cerrado

O Cerrado Brasileiro é reconhecido internacionalmente como um dos biomas mais ricos e ameaçados do globo, sendo considerado área prioritária para estudos de conservação. Paradoxalmente, o conhecimento sobre a sua biodiversidade é ainda incipiente. Indo de encontro com esta demanda Institutos de pesquisa e Universidades de todo o País tem conduzido pesquisas científicas neste bioma gerando dados que poderão subsidiar a conservação dos seus ricos e diversificados ecossistemas.

Em uma destas iniciativas pesquisadores da Universidade Estadual Paulista – UNESP, campus de São José do Rio Preto, SP e da Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal – UNIDERP iniciaram um projeto que visa gerar conhecimentos básicos e aplicados a cerca de componentes da biodiversidade do Cerrado buscando identificar indicadores de qualidade ambiental.

Os peixes são o grupo alvo principal deste estudo que está sendo conduzido em diferentes áreas do Estado do Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais, dentre as quais se destaca a RPPN da Fazenda Cabeceira do Prata localizada no município de  Jardim, MS que abriga o córrego Olho d´Água. Este local é um aquário natural perfeito para estudos ecológicos e nele procura-se tanto por indicadores ecológicos quanto comportamentais, a exemplo de estudos com as espécies Joaninha (Crenicichla lepidota) e o Curimba (Prochilodus lineatus).

A pesquisa prevê ainda o estudo de ambientes aquáticos submetidos a outros tipos de interferências, como por exemplo, os riachos que correm no interior das cidades e em áreas utilizadas para pecuária. Com isso, espera-se entender como os peixes podem ser afetados pelas diferentes atividades antrópicas e, adicionalmente, desenvolver ferramentas de monitoramento ambiental fundamentais para garantir a sustentabilidade no uso dos ecossistemas aquáticos do Cerrado.



Fonte:

Renato de Mei Romero
Biólogo CRBio 46.624/5-D
Programa de Pós-Graduação em Biologia animal
Laboratório de Ictiologia
Departamento de Zoologia e Botânica, IBILCE-UNESP
Tel. 17-81190520

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>