Projeto Economia da Experiência realiza nova etapa em Bonito (MS)

Ter uma empresa no setor de turismo em um lugar que encanta turistas de todo o mundo, como a cidade de Bonito (MS), não é suficiente para alcançar sucesso no mercado. Os clientes querem mais e os empresários precisam surpreendê-los. O projeto “Economia da Experiência” ensina a 28 donos de empresas turísticas da cidade como inovar nos produtos que oferecem. Este mês, duas oficinas gratuitas serão oferecidas aos participantes.

Nesta sexta-feira, 17 de julho, a turma aprenderá “Como encantar clientes contando histórias” e dia 18, um grupo de teatro bonitense entra em cena na oficina “Empreendedorismo no Teatro”. As empresas também recebem até o dia 26 consultorias em inovação, com a consultora do Espírito Santo, Luzanira Carvalho – especializada em iconografia e artes visuais.

Bonito é um dos cinco destinos escolhidos pelo Ministério do Turismo para receber o projeto e entre eles o que conta com maior número de empreendimentos participantes. “Ficamos surpresos com a participação do trade turístico de Bonito. Os empresários estão aprendendo como melhorar seus serviços e a divulgação”, explica a coordenadora do Posto Avançado do Sebrae em Bonito, Vanessa Leite.

Nesse novo aprendizado, a história de Bonito é usada como atrativo. “Queremos que os empreendimentos turísticos valorizem a cultura local e consigam transformar isso em produto”, conta Vanessa.

Turismo dos sonhos

O projeto Economia da Experiência prevê a inovação na oferta, cujos componentes essenciais são a experiência peculiar vivida pelo turista, envolvendo histórias, cheiros, sabores regionais aliados à visitação dos atrativos turísticos.

Além da cidade sul-mato-grossense, outras quatro localidades brasileiras participam desta iniciativa do Ministério do Turismo em parceria com o Sebrae: Petrópolis (RJ), Porto Seguro (BA), Belém (PA) e Região da uva/vinhos no Rio Grande do Sul.

Fonte: Sebrae MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>