RPPN em Jardim conquista prêmio em Congresso Nacional

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Fazenda Cabeceira do Prata, localizada em Jardim (MS), de propriedade de Eduardo Folley Coelho, e na qual é realizado o passeio de flutuação em águas cristalinas, conquistou o prêmio na categoria pessoa física, durante o 4º Congresso Brasileiro de RPPN. O evento aconteceu nos dia 26 a 29 de outubro de 2011, em Porto Alegre (RS).

O passeio de flutuação no Recanto Ecológico Rio da Prata é desenvolvido dentro da RPPN Fazenda Cabeceira do Prata, unidade de conservação da natureza que permite a proteção perpétua da área, criada por iniciativa do proprietário. É conhecido internacionalmente por suas águas cristalinas e oferece as seguintes atividades: trilha, flutuação, mergulho com cilindro, passeios a cavalo e observação de aves.

Para Eduardo Coelho “receber o prêmio é um reconhecimento de estar no caminho certo, com o trabalho que une a parte econômica com a conservação. Isso traduz a minha satisfação com o trabalho de toda a equipe e também da família”.

Laércio Sousa Machado, representante da REPAMS (Associação de Proprietários de RPPNs do Mato Grosso do Sul), foi quem recebeu o prêmio para a RPPN Fazenda Cabeceira do Prata. Eduardo reforça ainda que “a REPAMS foi de extrema importância para a realização do Plano de Manejo para fazer o ordenamento e elaboração da RPPN”.

Além da Fazenda Cabeceira do Prata, outra RPPN de Mato Grosso do Sul foi destaque no Congresso. A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Engenheiro Eliezer Batista, de propriedade da EBX, foi vencedora do “Troféu Destaque RPPN” na categoria RPPN de pessoa jurídica. Esta é a primeira vez que o Troféu Destaque RPPN foi entregue e seu objetivo é reconhecer os esforços de pessoas, empresas e organizações que atuam em prol das reservas privadas e da proteção de nosso rico patrimônio natural.

“A conquista das premiações para as RPPNs de Mato Grosso do Sul demonstra o trabalho que vem sendo desenvolvido na região, como modelo de gestão de sucesso e exalta também, a viabilidade de negócios sustentáveis que geram receitas nos locais”, conta Laércio ao Portal Bonito Brazil.

Sobre o evento

A 4ª edição do Congresso Brasileiro de RPPN congrega proprietários de RPPN, autoridades e técnicos de órgãos públicos ambientais (federais, estaduais e municipais), representantes de instituições ambientalistas, pesquisadores, estudantes e conservacionistas. Foi organizada pela Associação Charrua de Proprietários de RPPN do Rio Grande do Sul e pela Confederação Nacional de RPPN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>