Serra da Bodoquena é candidata para sediar geoparque

Mato Grosso do Sul deve ganhar o 2º geoparque das Américas e do País. De acordo com a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Estado, Maria Margareth Ribas Lima, a proposta é das Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O parque ficará na região da Serra da Bodoquena e para discutir a gestão do da área de preservação, o Instituto, em parceria com o governo estadual e com várias entidades, realiza um workshop no mês de junho.

O encontro acontece entre os dias 16 e 19 no Palácio Popular da Cultura, na Capital.

“A discussão para a implantação do geoparque em Mato Grosso do Sul já está bastante adiantada. Vamos finalizar o dossiê da candidatura do parque da Serra da Bodoquena e no encontro um grupo de trabalho formado pelas entidades envolvidas discutirá a gestão do local”, esclarece a superintendente.

O Estado participa do workshop através da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac) e da Fundação de Cultura do Estado (FCMS). As Universidades de São Paulo (USP), de Brasília (UNB) e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) também estarão no encontro. Além destes, a Universidade Federal do Ceará, que mostrará a experiência na gestão do único geoparque do País – o do Araripe.

“A criação do geoparque da região da Bodoquena vai se reverter em uma modalidade de turismo e preservação nunca antes explorada em Mato Grosso do Sul”, ressalta a representante do Iphan, Maria Margareth. O parque de preservação do Estado deverá ser o maior geoparque das Américas, com uma área total de 50 mil quilômetros quadrados.

Os principais objetivos da implantação do geoparque são de preservar o patrimônio geológico para gerações futuras, fomentar a educação sobre temas relativos a paisagens geológicas e matérias ambientais e incentivar meios de pesquisa para geociências. Além disso, assegura o desenvolvimento sustentável através do turismo.

De acordo com definição do projeto da Unesco, um geoparque é uma área com limites definidos e que abrange um determinado número de sítios geológicos de relevo ou um mosaico de entidades geológicas de especial importância científica, raridade e beleza, que seja representativa de uma região e da sua história geológica, eventos e processos, possuindo não só significado geológico, mas também relevância ecológica, arqueológica, de história e cultura.

Local

A Serra da Bodoquena, situada na borda sudeste do Complexo do Pantanal, Estado de Mato Grosso do Sul é um dos mais interessantes ecossistemas do Pantanal.Formada pelas cidades de Bonito, Jardim e Bodoquena, conta com o Parque Nacional da Serra da Bodoquena, criado em novembro de 2000, com 76.400 ha.

Fonte: Seprotur

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>