SOS Mata Atlântica divulga vencedores de concurso de Fotografia

A Fundação SOS Mata Atlântica divulgou o resultado da sexta edição de seu Concurso de Fotografia. Depois da análise de 1.936 fotos inscritas, sendo 1.075 na categoria amadora e 861 na profissional, 25 foram selecionadas para compor as vencedoras da categoria “profissional” e 10 para a categoria “amadora”, sendo cinco delas menções honrosas.

35 fotógrafos de sete estados receberão, ao todo, cerca de R$ 15 mil distribuídos em kits de produtos, equipamento, livros, assinaturas de revistas e dinheiro. O resultado e as imagens vencedoras estão disponíveis no site www.sosma.org.br/hotsitefotos. 
 
“Mais uma vez o concurso trouxe fotos maravilhosas da fauna e da flora brasileira. Se hoje temos apenas 7% da Mata Atlântica original do país é de extrema importância que registremos um de nossos mais preciosos tesouros nacionais. O concurso é uma das formas de mostrar a beleza do bioma e, ao mesmo tempo, serve de combustível para a luta pela sua conservação”, destaca Marcia Hirota, diretora de Gestão do Conhecimento da SOS Mata Atlântica. 
 
Os jurados do Concurso SOS Mata Atlântica de Fotografia 2010 foram: o fotógrafo Fabio Colombini, especializado em Natureza; a bióloga Ivana Lamas, da ONG Conservação Internacional; Marcelo de Paula, fotógrafo de natureza; e Romero Cavalcanti, redator da Agência F/Nazca.

Na categoria “profissional”, o primeiro lugar foi para o paranaense Marcelo Krause, de Curitiba, com a foto “Cascata e bromélias”, registrada na Reserva Sebuí, localizada na cidade de Guaraqueçaba (PR). Com esta imagem, Krause receberá um prêmio no valor de R$ 5 mil. Já na categoria amadora, o vencedor é o baiano Sérgio Cedraz, da cidade de Camaçari, premiado com uma câmera digital Nikon D3000, já com cartão de memória, pela foto “Transportando pólen”, registrada no Eco Parque Sauípe, cidade de Mata de São João (BA).

Continuando na categoria profissional, o segundo lugar ficou para Christian Meyn, da cidade de Resende (RJ), com a imagem “Disputa”, registrada emPenedo, Itatiaia (RJ). O fluminense receberá o prêmio de R$ 3 mil. O terceiro lugar da categoria foi ocupado pela paulista Juliana Bruder, que levou o prêmio de R$ 2 mil pela foto “Caminho da seiva”, registrada na fazenda Santo Antônio, em Itacaré (BA).

Na categoria “amadora”, o segundo lugar ficou com Fábio Maffei, de Bauru (SP), pela imagem “Descobrindo a vida – Caiman latirostris”, registrada na Fazenda Rio Claro, na cidade de Lençóis Paulista (SP). O terceiro lugar foi para Eduardo Santello, de Carapicuíba (SP), com a foto “Prisioneiro”, registrada no Zoológico de Itatiba (SP). Ambos serão premiados com o Livro “Fotografia de natureza brasileira: guia prático” e uma assinatura de um ano de uma revista especializada em fotografia.

Os quarto e quinto lugares desta categoria receberão um kit de produtos da SOS Mata Atlântica. Os classificados que ficaram do 6º ao 10º lugar receberão uma menção honrosa pela participação no concurso. Já na categoria profissional os quarto e quinto lugares ganharão R$ 1 mil, e, do sexto ao décimo colocado, R$ 500 cada. Os classificados entre 11º e 25º lugares receberão um kit de produtos da Fundação.

Informações ADNews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>