Tamanduá é reintroduzido à natureza pelo CRAS

O Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) reintroduziu ontem (4) um tamanduá bandeira fêmea que foi encontrado em uma borracharia no bairro Moreninhas, em Campo Grande (MS).

“O período que os animais permanecem no Cras é relativo ao estado em que se encontram. Como este tamanduá está em perfeito estado, porque foi apenas resgatado na cidade, a soltura é planejada de imediato”, explica o biólogo e coordenador do Cras, Elson Borges.

O tamanduá foi colocado em uma caixa especial para o transporte e levado a uma propriedade rural cadastrada para soltura de animais silvestres, localizada a 64 km do Centro de Campo Grande. O novo local onde o animal foi solto já recebeu cerca de 15 tamanduás, além de outros animais que passaram pelo Centro de Reabilitação.

“Esta área apresenta características ideais para soltura. Aqui existem áreas de preservação, recursos hídricos, além de encontrarmos animais da mesma espécie. Não há presença de caçadores e não está próxima de uma rodovia que apresente risco”, conclui Borges.

Todas as semanas o Cras recebe animais que foram resgatados na cidade. Com a expansão do município, com construções próximas às áreas rurais, já é frequente a captura de bichos em locais urbanos.

Segundo Borges, as luzes também são fatores responsáveis por atraírem muitos insetos, o que se torna uma grande oferta de comida ao animal. “Além disso, temos que levar em conta que o tamanduá possui bom faro, mas sua visão é ruim. Este bicho anda meio sem direção e pode acabar indo parar em lugares impróprios”, completa o biólogo.

Com informações MS Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>