Tarifa de energia leva deputado Paulo Corrêa à Brasília

Participar do julgamento do processo de reajuste da energia elétrica proposto para o Mato Grosso do Sul na Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Esse foi o objetivo da viagem do Deputado Paulo Corrêa à Brasília (DF) ontem (05), que em 2007 foi presidente da CPI da Enersul (Comissão Parlamentar de Inquérito da Empresa de Energia de MS).

De acordo com o deputado a alta tarifa de energia prejudica não só os consumidores, mas compromete também a produção nas indústrias do Estado.

A comissão de deputados que acompanharam a discussão, formada também pelos parlamentares Marquinhos Trad (PMDB), Mara Caseiro (PTdoB), Dione Hashioka (PSDB) e George Takimoto (PSL), tem o objetivo de acordar com a Enersul reajuste menor dos que os 17,5% indicados.

Inicialmente o índice de reajuste apresentado pela Enersul, que é composto pelo IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado) acumulado nos últimos 12 meses, que é de 10,8%., era de 19,35%. No entanto o percentual foi revisado e caiu para 17,5%. Agora os deputados que formam a comissão lutam para que o reajuste seja reduzido ainda mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>