Workshop de Turismo discute linhas de financiamento e crédito

Nesta terça-feira, dia 8 de abril, das 15 às 19 horas, acontece no Sebrae o primeiro Workshop – Linhas de Financiamento e o Mercado de Cartões de Crédito para o Setor de Turismo de Mato Grosso do Sul.

O objetivo é divulgar as principais linhas de financiamento, serviços e produtos financeiros para as empresas e turistas, tendo em vista a importância do tema para o aumento da competitividade, fortalecimento e sustentabilidade das empresas do setor no Estado.

Estão programadas palestras com os parceiros do evento, como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BNDES, Sicredi, Visa Net e Redecard. Os empresários terão atendimento individualizado com cada uma das instituições bancárias, e receberão informações e esclarecimentos sobre os procedimentos no acesso ao crédito.

FCO Empresarial

As instituições financeiras parceiras do Workshop possuem linhas especificas para o segmento do turismo, com prazos, carências e juros diferenciados do mercado. Uma das principais é o FCO Empresarial – Programa de Desenvolvimento do Turismo Regional, voltada à implantação, ampliação e modernização de empreendimentos turísticos, com ou sem capital de giro associado. Com taxas de juros atrativas que não chegam a 0,50% ao mês, o crédito é direcionado aos empreendedores que trabalham com a atividade turística, tais como: meios de hospedagem, acampamento turístico, restaurante, agência de turismo, organizadoras de congressos, convenções, seminários e eventos congêneres.

O prazo de financiamento é de até 12 anos, incluído o período de carência de até três anos e, no caso de hospedagem até 15 anos, incluindo o período de carência de até cinco anos. O teto máximo é de R$ 10 milhões por beneficiado. As empresas que efetuarem pagamentos até o vencimento, serão contempladas com desconto de 15% sobre os juros. Os recursos são usados para a implantação, ampliação e modernização de empresas, como a compra de equipamentos e móveis.

O Sebrae busca, por meio do Workshop, promover o encontro entre a “oferta”, caracterizados pelas instituições financeiras, e a “demanda”, representados pelos setores organizados, como o Turismo.

Fonte: Sebrae/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>